Atualmente com o crescimento populacional das cidades, os espaços para moradia estão cada vez menores. Para os amantes de plantas fica cada vez mais difícil de cultivar sua própria horta, flores ou árvores frutíferas por exemplo, já que as plantas necessitam principalmente de luz para se desenvolver. O cultivo indoor veio para suprir a falta de espaço externo, e como na natureza, o mais importante para as plantas nesse tipo de cultivo é a luz. Portanto, é importante que você saiba escolher a lâmpada grow ideal para seu cultivo.  

O cultivo indoor é um modo de cultivo de plantas em ambientes fechados que utilizam luzes artificiais para que as plantas possam crescer e se desenvolver da forma desejada.  

Como na natureza, as plantas necessitam de luz para fazer a fotossíntese, processo onde as plantas produzem sua energia. As lâmpadas devem proporcionar as mesmas condições às plantas que o Sol. Por isso, a escolha do tipo de iluminação, a potência e quantidade de lúmens é importante.  


Tipos de lâmpadas grow

Para o cultivo indoor existem basicamente três tipos de lâmpadas: 


Lâmpadas fluorescentes compactas (CFL) 

Muito utilizadas em residências, as lâmpadas fluorescentes fornecem luz branca e são bem econômicas. Podem ser usadas para o cultivo indoor, porém seus resultados no Grow não são tão satisfatórios. 


Lâmpadas de Vapor de Alta Pressão  

São as mais utilizadas em grow. Ao longo do tempo foram sendo aperfeiçoadas para atingir a necessidade das plantas. São divididas em duas versões: 

As lâmpadas de vapor metálico (MH) emitem luz dentro do espectro azul, responsável por desencadear maior resposta vegetativa nas plantas, por isso são mais utilizadas na primeira fase de crescimento da planta.  

Enquanto que as lâmpadas de vapor de sódio (HPS) estão mais próximas ao espectro vermelho, próximo ao que ocorre na natureza na época da primavera. Essa luz é mais utilizada para propiciar a floração, a segunda fase de crescimento das plantas. Pode ser usada também na primeira fase, porém o crescimento será acelerado e a planta pode ser mais frágil. 

Essas lâmpadas apresentam boa irradiação em lúmens e são muito eficientes no plantio. Contudo, para serem acionadas necessitam do uso de um reator e o consumo de energia elétrica é alto, o que é uma desvantagem desse tipo de iluminação. 


Lâmpadas LED 

De longe o tipo de iluminação mais vantajoso para o grow. As lâmpadas Grow LED ou painéis LED tem o melhor desempenho em facilidade de uso, já que só precisam de uma tomada. São silenciosas, altamente eficientes e duráveis, sua vida útil é em torno de 10.000 a 20.000 horas.  


Lâmpada Led Grow indoor light – 28W -LMS-CLGB-P16-28L

E como escolher a lâmpada grow ideal para seu cultivo? 

Os principais critérios para escolher sua lâmpada grow é avaliar o espaço disponível e a quantidade de plantas que queira cultivar antes de decidir qual o tipo de iluminação utilizar.  

Além disso, deve ser analisado também a quantidade de luz que efetivamente será absorvida pela planta. Essa quantidade de luz é chamada de radiação fotossinteticamente ativa (PAR), são os comprimentos de onda fornecidos pela fonte de luz que serão usados pelas plantas para a fotossíntese, ou seja, a iluminação realmente necessária para a planta. Para o plantio indoor, o PAR precisa ser levado em consideração para que a planta cresça e se desenvolva adequadamente.


  

Benefícios do LED para suas plantas 

Em qualquer fonte luminosa há emissão de PAR, porém em lâmpadas LED ou painéis LED, a quantidade de PAR é bem maior e mais eficaz. Justamente por serem fabricados com a finalidade de cultivo de plantas, os comprimentos de onda já são no tamanho ideal para a absorção total.  

As lâmpadas grow LED têm alta tecnologia, o que possibilita seu uso direcionado com o espectro ideal para as plantas em cada fase, o que diminui o custo em relação as lâmpadas de vapor de alta pressão, pois temos espectros ultravioleta e infravermelho em um só produto. 

Outra vantagem é que o LED tem baixa emissão de calor, o que proporcionará um melhor aproveitamento da energia elétrica, o que causa menor consumo e uma ótima economia. Também não haverá influência na temperatura do grow, evitando calor desnecessário para as plantas. 

Apesar do valor das lâmpadas LED ser maior em relação à outras lâmpadas, o investimento tem retorno através da economia de energia e maior produtividade que essas lâmpadas proporcionam.

Além do cultivo indoor, as lâmpadas LED também podem ser utilizadas para iluminar aquários com plantas marinhas, como algas e corais.

Concluindo, é muito importante que você saiba escolher a lâmpada grow ideal para seu cultivo indoor, pois é ela quem fornecerá a energia necessária para o crescimento e desenvolvimento das plantas. 

Na Lenharo Mega Store você encontrará diversas lâmpadas grow que farão do seu plantio um sucesso com a economia que você e sua família merecem! 


#lampadagrow #ledgrow #lampadalight #lampadagrow100w #ampadagrowledaquario #lampadaledaquario #lampadagrowfunciona

Por favor, avalie esse post

0 / 5 0

Sua avaliação foi de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *