Quando se pensa em papel de parede, além de escolher a cor, o modelo e o tipo de papel, a cola também é parte importante nesse momento. De início, pode parecer que cola é um assunto resolvido, mas quando se trata de papel de parede não é tão simples assim. Existe a cola certa para cada tipo de papel de parede, e a superfície em que será aplicado também faz diferença, até porque a aplicação pode ser realizada em locais que não necessariamente sejam paredes.  

Aqui você vai descobrir tudo o que precisa para não errar. Pois há no mercado diferentes tipos de cola, com modo de preparo individual, e que dependendo a composição do papel de parede, a cola necessária será diferente de outros papéis.


 

O que você precisa saber na hora da compra

O melhor tipo de cola de papel de parede é a versão em pó. Você encontrará normalmente na mesma loja em que comprar o papel de parede, ou em lojas de bricolagem.  

A esse pó você deverá misturar uma proporção de água. Cada marca traz especificado em sua embalagem as proporções de água para cada quantidade de pó e qual o tempo específico de descanso deve ter. Essa mistura, geralmente tem a consistência de uma liga gelatinosa. As instruções de cada marca deverão ser seguidas à risca para que não comprometa sua aplicação nem o papel de parede. 

Uma dúvida que pode surgir, é em relação à cola líquida. Esta, apresenta-se como um fluído concentrado e também necessita ser diluído em água. Seu processo de mistura é mais fácil, porém, sua aplicação pode causar manchas em seu papel de parede. Isso porque pode haver locais em que terá maior quantidade de cola e isso fará com que seque de forma desigual.  

A qualidade da cola é fundamental para o sucesso da aplicação do seu papel de parede. Portanto, evite se render ao “preço mais em conta”! Normalmente as colas para papel de parede de alta qualidade são compostas de amido natural e metil celulose em igual proporção ou com maior proporção de metil celulose. São atóxicas e em algumas marcas, são adicionadas ainda resinas sintéticas que garantem maior durabilidade e facilidade na aplicação.


Tipos de cola X tipos de papel de parede 

Aqui separamos alguns tipos de cola encontrados no mercado e que são indicados para aplicação de papel de parede: 

A cola standard é um adesivo composto de éter de celulose e amido. É de fácil aplicação com alta força de adesão e pode ser usada em todos os tipos de papel de parede.  

A cola especial é composta por uma resina sintética que aumenta sua força adesiva. Essa é a cola ideal para papel de parede vinílico, papel com fibra rugosa e dependendo sua composição, também pode ser usado em papel de parede texturizado.  

Para os papéis de parede TNT, existe a cola específica para esse tipo de material. Esse tipo de cola após a mistura, é aplicado diretamente na parede e sua consistência garante que não respingue durante a aplicação. Porém, a aplicação do papel deve ser logo em seguida a aplicação da cola na parede. Tem boa adesão e permite que após seco, o papel seja removido sem deixar marcas ou resíduos.  

A cola têxtil, além dos componentes básicos, apresenta em sua composição a cola de plástico de dispersão e outros aditivos que garantem maior adesão. Pode ser utilizada em papéis de parede têxteis e papéis de parede industriais.  

A cola de dispersão é à base de resina plástica ou sintética. Bem diferente das outras colas, pode ser encontrada em várias quantidades. É ideal para papel de parede que requerem resistência, como os vinílicos, texturizados ou papel de parede de fibra de vidro. Além disso, é muito usada em acabamentos e reparos. 

A cola branca pode até ser indicada e utilizada, mas como é líquida, pode manchar seu papel e também formar mofo. Outro revés é que ao retirar o papel de parede, esse tipo de cola pode danificar sua parede.  


O material da superfície interfere na escolha? 

No geral, o preparo da parede envolve nivelamento, limpeza e secagem. Isso fará com que a aplicação tenha a durabilidade esperada.  

As colas encontradas no mercado funcionam bem em concreto, cimento, gesso e drywall.  

Em superfícies de madeira, a madeira deverá também, ser preparada, que no caso envolve lixar, tirar verniz ou cera e limpar para que estejam estáveis e adesivas. Nesse caso, a cola vai depender do tipo de papel que será aplicado.  

Em superfícies como azulejos ou cerâmica, o ideal é utilizar a cola indicada para o papel que irá aplicar com adição da cola de dispersão. Pois normalmente esses revestimentos são de locais da casa onde há maior risco de umidade.  

Caso queira revestir uma superfície plástica, de metal ou de vidro, é importante saber que as colas não aderem muito bem nessas superfícies. E mesmo que se utilize colas especiais ou a cola de dispersão, é impossível remover os resíduos caso queira retirar o papel de parede. Sendo assim, o indicado é que nesse tipo de superfície seja utilizado fitas dupla face. Sua aplicação se dará nas bordas, e em superfícies maiores, mais uma fita deve ser colocada no meio, sempre cuidando para que não se formem bolhas. 
 

Enfim, cada papel de parede tem suas peculiaridades e um tipo certo de cola para cada um. O fato de que cola para papel de parede é a mesma, não existe. Normalmente você encontrará algumas dessas informações na embalagem do papel, mas caso fique em dúvida, releia nosso artigo a vontade!

#papeldeparede #colapapeldeparede #papeldeparedeadesivo #papeldeparedeautocolante #colaparapapeldeparede #papeldeparedeazul #papeldeparedequarto #papeldeparedesala

Por favor, avalie esse post

0 / 5 4

Sua avaliação foi de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *